Rio de janeiro, 15 de dezembro de 2017

Organização Montessori do Brasil promove Conferência Internacional em setembro no Rio de Janeiro

Entre os dias 7 e 9 de setembro, profissionais e estudantes da área da educação de todo o país estarão reunidos no Windsor Guanabara Hotel, no Rio de Janeiro, para participar da Conferência Internacional Montessori. Promovido pela Organização Montessori do Brasil, que reúne 50 escolas de todas as regiões do país, o evento tem como tema Montessori e a Paz: um Percurso de Vida. Na ocasião, será lançada uma nova edição do livro A descoberta da criança, de Maria Montessori, pela editora Cedet - Centro de Desenvolvimento Profissional e Tecnológico. A reedição, revista e ampliada, contou com supervisão técnica e tradução da psicopedagoga Sonia Maria Braga, presidente da OMB.

 Para marcar os 110 anos da criação do sistema Montessori, o caminho escolhido foi a realização de um evento internacional. “Sentimos necessidade de trazer nomes internacionalmente reconhecidos para dar oportunidade aos profissionais que não têm chance de viajar de ouvir sobre Montessori com outros enfoques. Minha maior expectativa é de que todos os participantes saiam ‘alimentados’ e reforçados pelas boas ideias que a programação vai oferecer. E que tenham a convicção de que Montessori é uma proposta que veio para atender as necessidades de uma educação adequada ao século XXI, embora desenhada em 1907”, destaca Sonia Maria Braga.

 A Conferência Internacional Montessori traz ao Brasil, pela primeira vez, o pediatra e neuropsicólogo Steve Hughes, integrante dos comitês de pesquisa da Association Montessori Internationale (AMI) e da American Montessori Society (MAS). O evento vai contar também com as participações do jornalista e escritor André Trigueiro e da jornalista Lia Diskin, co-fundadora da Associação Palas Athena, em São Paulo.

 A Paz

 A construção de uma cultura de paz é um dos pilares da educação montessoriana. E em tempos conturbados como esse no qual vivemos é imprescindível falar sobre o assunto. “Em primeiro lugar, é de paz que o nosso mundo está precisando. Acompanhando o movimento Montessori pelo mundo afora, constatamos que houve, neste ano, um foco na educação para a paz. Então, a escolha do tema tem essa sintonia com as organizações Montessori internacionais, com o objetivo de reforçar a vibração positiva em prol de mudanças nos indivíduos e de um mundo mais harmonioso, onde o respeito ao próximo, a aceitação da diversidade e a ética sejam predominantes”, afirma a presidente da OMB.

 Os convidados                                               

 

Neuropsicólogo e pediatra, Steve Hughes tem viajado pelo mundo apresentando workshops e palestras sobre a educação Montessori. “O enfoque que dr. Hughes dá é importantíssimo, pois ele sempre faz paralelos entre o que a neurociência diz sobre o desenvolvimento cognitivo-emocional da criança e do adolescente e as ideias de Maria Montessori, registradas em sua vasta bibliografia”, destaca ela.

 A jornalista Lia Diskin, co-fundadora  da Associação Palas Athenas, em São Paulo, tem uma trajetória dedicada à divulgação da cultura da paz. Questões como sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente fazem parte da pauta a ser tratada pelo jornalista e escritor André Trigueiro. “As ideias da Lia e do André vão colaborar para que os participantes da Conferência constatem como os pensamentos de Maria Montessori estão alinhados com o que se espera do ser humano. A proposta de Maria Montessori em educação cósmica está totalmente de acordo com as necessidades de reformulação dos padrões da vida contemporânea. Ela alertou que era preciso desenvolver a responsabilidade de cada um diante do nosso planeta e do universo”, diz a psicopedagoga, que também é fundadora e diretora pedagógica da Meimei Escola Montessoriana (RJ) e diretora do Centro de Treinamento Montessori.

Programação

 As manhãs dos dias 7, 8 e 9 de setembro serão ricas, com as apresentações dos palestrantes convidados, além de uma mesa-redonda com especialistas que debaterão ‘A formação do professor Montessori’, com mediação do radialista Cadu Freitas (apresentador do programa Bate Papo Ponto Com, da Rádio MEC AM).

 As tardes dos dias 7 e 8 serão repletas de atividades, com a realização de diferentes oficinas que vão explorar questões como sensibilidade e concentração, liderança e os princípios básicos Montessori. “As oficinas serão oportunidades valiosas para que os participantes vivenciem situações e momentos em que poderão constatar quais as propostas do Sistema Montessori de Educação capazes de promover o desenvolvimento da sensibilidade tanto física como emocional e o consequente sentimento de desejo de paz”, afirma ela.

 Confira a programação completa em http://omb.org.br/conferencia/#/programacao

 A Descoberta da Criança

 Lançado no Brasil na década de 1960, sob o título Pedagogia Científica, o livro A Descoberta da Criança (nome dado por Maria Montessori a essa obra) traz uma descrição detalhada da estrutura do Sistema Montessori e dos materiais desenvolvidos pela autora Maria Montessori, quando ela iniciou sua experiência com o método de ensino na primeira Casa dei Bambini, em Roma, em 1907. “Essa obra traz a estrutura básica do trabalho de Maria Montessori, pois ela narra como iniciou e desenvolveu seu trabalho, além de fazer observações sobre a criança e as necessidades demonstradas”, destaca Sonia Maria Braga, que ficou responsável pela revisão técnica da nova edição.

 

A nova edição chega ao público pela CEDET, Centro de Desenvolvimento Profissional e Tecnológico, trazendo informações que não constavam na primeira tradução brasileira, além de fotos dos dias atuais.

 Sobre o Método Montessori

A pedagogia Montessori foi fundada em 1907, pela educadora e médica italiana Dra. Maria Montessori, e desafiou teorias educacionais tradicionais ao dar às crianças a liberdade para crescer, aprender e contribuir na sala de aula. Nesse ano, ela inaugurou a primeira 'Casa dei Bambini' (Casa das Crianças), num bairro da periferia de Roma, com o desafio de educar crianças pobres e agitadas, na faixa de idade anterior à aceita nas escolas italianas. O resultado foi tão surpreendente que atraiu a atenção de pessoas de todo o mundo. Mas afinal, qual o segredo desse enorme sucesso? A própria criadora do método, Dra Montessori resumiu o trabalho inicialmente, destacando três aspectos:

- conhecer a criança: identificar suas características, seu potencial, suas necessidades; ter a certeza de que a criança aprende fazendo;

- criar um ambiente estimulante, adequado à criança que nele trabalhará e que favoreça o maior número possível de conquistas e

- ter um professor que não mais ensina falando, e sim proporcionando recursos de atividades de aprendizagem e que estimulem a curiosidade.

Diferentemente de outros pesquisadores da educação, a Dra Montessori desenvolveu um método no qual colocou em prática sua filosofia, que pode ser entendida como auto-construção, ou seja, a formação da estrutura do ser humano seria fruto de uma força interior e que se realizaria sob a influência do meio e dos períodos de desenvolvimento.

A OMB

Criada em setembro de 1996, a Organização Montessori do Brasil – OMB – nasceu com o objetivo principal de difundir o método montessoriano por meio da promoção de cursos e encontros e da tradução e publicação de obras de Maria Montessori. Hoje, a OMB conta com 50 escolas associadas, em todas as regiões do país, além de possuir associados físicos, estudiosos de Montessori.

Para saber mais sobre a OMB, acesse: http://omb.org.br/

 Serviço:

O que? Conferência Internacional Montessori

Quando? De 7 a 9 de setembro de 2017

Onde? Windsor Guanabara Hotel

Avenida Presidente Vargas, 392 - Centro

Voltar

© Direitos Reservados - Sindicato dos Estabelecimentos de Educação Básica do Município do Rio de Janeiro
Rua da Assembleia, 77, 22º andar - Centro - Rio de Janeiro - Cep 20011-001 – Tel:. (21) 2242-0570

Tecnologia: Sistema de Edição Online - Powered by Plataforma Digital - Colégio 24 Horas

design