MENSALIDADES ESCOLARES VÃO FICAR MAIS CARAS

Com o fim de ano chegando, as escolas particulares já começam a anunciar os reajustes para 2022.
No ano passado, boa parte dos colégios segurou os preços temendo a evasão de alunos em meio à pandemia da covid-19. Já para o ano que vem, o valor das mensalidades tende a acompanhar a disparada da inflação no país.
Em casa, o analista de sistemas Bráulio Torres já faz as contas. Ele tem dois filhos estudando em uma escola particular, que já avisou: no ano que vem, o reajuste das mensalidades será de 9%.
“Juntando o gasto mensal, depois multiplicando anual, é uma despesa muito grande que a gente vai ter para o ano que vem. Somando ao aumento de alimentação, de combustíveis, é uma coisa que realmente vai vir para impactar mesmo”, diz.
E essa é uma tendência: 91% das escolas particulares pretendem aumentar o valor da mensalidade - sendo que em mais da metade dos colégios, o reajuste será entre 7% e 10%.
A alta acompanha a disparada da inflação, que chegou a 10% no acumulado dos últimos 12 meses. Os maiores reajustes devem ser em Minas Gerais, São Paulo, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Bahia.
Fonte: portal de notícias Band


 Voltar
Boleteen - Colégio 24 Horas